sábado, 31 de março de 2012

Hello...


Please be good for us *.*

M.

Não íamos dar uma volta?! XVIII

Para Elas:



Por falar em séries, o MATT BOMER de White Collar era ideal para ....


Para Eles:






                                               Irina Shayk

M.

Séries e mais séries.


1º foi esta, estou completamente viciada em secret circle há espera de novos espisódios!



2º foi esta, que acabei hoje mesmo de ver a 1ª Temporada e quero mais mesmo que seja um pouco assustador mas com estes dois quem não gosta..

E pronto, estou há espera de novos episódios de ambas. Adoro completamente! Mais desenvolvimento depois da Páscoa.

P.

Devaneios de um dia nublado.

Ás vezes gostava de sair de casa sempre "perfeita", sempre com um ar limpo, saudável, cheia de segurança mesmo que só estivesse a usar um simples vestidito e umas sandálias, nada mais tal como estas duas aqui em cima. E só eu sei o quanto gosto de vestidos, ai se adoro! Mas sou uma pessoa muito complexada e penso sempre que algo não me fica bem ou porque aqui é mais largo e ali está mais comprido há sempre um problema, mas uso! Como está aí a primavera é altura de usar vestidinhos e eu já tenho uns ali no armário...


(só aqui que ninguém nos ouve, se eu pudesse teria estes todos lá no armário. Pronto há um ou outro que não gosto muito como o 2º mas de resto era tudo!)

P.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Pikaaaa...(t)chuuu


Farta das alergias !
Chuvaaaaa, anda cá pôr este pó todo no sítio por favor *-*

M.

Music *


M.

ALIVE


Ainda não morremos !
Estamos in mode NO INSPIRATION  --'

Desculpem-nos *.*

M. e P.

quarta-feira, 28 de março de 2012

"Melhor Destino Europeu 2012"



O Porto foi eleito o "Melhor Destino Europeu 2012" entre 20 cidades selecionadas por um júri da Associação dos Consumidores Europeus.
A votação online decorreu nas últimas três semanas no sítio da Internet do European Best Destination, tendo sido contabilizados mais de 212 mil votos.
Em 2.º lugar ficou Viena, na Áustria, e em 3.º Dubrovnik, na Croácia, tendo Lisboa ficado em 8.º lugar no ranking.
À frente da capital portuguesa ficaram Praga (República Checa), Bruxelas (Bélgica), Berlim (Alemanha) e Budapeste (Hungria).
Em 2010, Lisboa foi a cidade eleita pela Associação dos Consumidores Europeus para o "Melhor Destino Europeu 2010" e, em 2011, a vencedora foi Copenhaga, na Dinamarca.
O Porto -- vencedor do título "Melhor Destino Europeu 2012" - vai poder incluir a utilização do logótipo "Escolha do Consumidor Europeu", durante um ano, em toda a comunicação do turismo oficial.
in JN

É a nossa cidade CARAGO !
M*

segunda-feira, 26 de março de 2012

ídolos 2012

E eles estão de volta, o grande programa da sic que é talez dos melhores a nível nacional para escolher o ídolo de Portugal, o problema é que tudo o que é bom acaba depressa e sinceramente começando logo pelo júri deste ano que não tem quase lá ninguém que perceba realmente aquilo que é suposto avaliar.
Expliquem-me lá esta coisa. Por alma de que santinho é que aquela Bárbara Guimarães está ali a fazer? Mas ela percebe alguma coisa de música, alguma? Ela nem para apresentadora serve ou quase que não, mas prosseguindo.
O Manuel, acho que está muito bem lá, ele é bastante rude e duro muitas vezes mas a verdade é que ele sabe o que ali está a fazer não aceita todo o que vai ali.
O Sr. Tony, oh meu deus, nem há palavras.. Mas ele canta assim algo do outro mundo? Percebe o mínimo daquilo, manda uns "bitaites". É para ver se todas as fãs dele vão assistir todos os domingos à noite os ídolos.
O Pedro Abrunhosa surpreendeu-me,  julgava que ia para lá para a brincadeira mas sim senhor, aplica ali todos os seus conhecimentos pois é um excelente cantor/compositor/interprete português e foi a única boa aquisição visto que o Manuel já lá está há uns bons anitos.
Falando agora dos concorrentes. Acho que isto cada vez mais é mais quantidade do que propriamente qualidade, mas há sempre alguns, como o casa da Mariana (última que apareceu no domingo), o Bruno (que por acaso conheço bem), aquele rapariguinha com um estilo muito próprio e poucos mais... E a propósito, os cromos, apareceu lá um mesmo aqui da minha terra nunca o vi mais gordo por incrível que pareça, mas esse só foi lá para aparecer na tv..

O vídeo da mariana.

e aqui o meu "amigo", Bruno.

P.

... e um dia vou tirar uma foto assim...

...no metro de Londres!

You're so lovely with your smile so warm...


Esta música é lindíssima. Simplesmente perfeita para dançarmos a dois numa fantástica e romântica noite !

M.

Que confusão que para aqui anda!


Gostava de me sentar num banco de jardim, Não precisa de ser aquele ou outro, pode ser um qualquer. Aqui nas redondezas ou lá longe onde nunca estive e talvez nunca vá estar. Queria conversar ou simplesmente falar e ser ouvida por alguém, um estranho qualquer que se sentasse ali por acaso. 

Não percebo bem porquê. É possível que saiba a resposta mas não queira pensar nela. Preciso sem razão aparente de partilhar o que há muito guardo para mim com uma pessoa que não se importe de estar muitos, muitos minutos a ouvir-me. Muitas coisas são fúteis, outras nem por isso. Sinceramente, seja o que for, envergonho-me e, por isso, preciso de alguém que nunca mais me vá ver, que me diga o que pensa depois de me ouvir e desapareça. Poderia voltar a aparecer quando, um dia, esta necessidade voltar a surgir mas nunca, nunca saberá o meu nome, nem tão pouco de onde sou. Sei que ficariam muitas perguntas pelo ar, respostas vazias e ... não sei. Quero saber! Não, não quero! Que confusão que para aqui anda!

Preciso de encontrar o banco de jardim perfeito e o ouvinte desconhecido mas muito desejado. Ai se a vida pudesse ser como um filme...

M*

sexta-feira, 23 de março de 2012

Do que eu gostava de desejar e ter.

Unknow, onde andas tu? Quero encontrar-te de novo por esse rede sem fios que percorre o mundo, quero um dia ver-te bem à minha frente, pois só o consigo fechando os olhos bem de leve. imaginar-me bem por cima do céu azul onde só aí tu apareces. Já não te vejo escrever há algum tempo, pelo menos para mim. Ainda és mistério para mim, ainda és desconhecido. Tenho saudades tuas, tenho saudades dos teus pontos finais tão transparentes, pois é raro acabares uma frase, um texto há sempre algo a dizer mas sempre alguma interrupção, nem que seja o carro que está lá fora mal estacionado, ou o amigo que tens que levar a casa, ou eu que tenho que ir deitar o meu irmão, ou que tenho que ir ali e vir já. Tenho saudades tuas, mesmo ainda te conhecendo pouco, mesmo ainda eu não te ter visto, te ter tocado, te ter conhecido realmente.

P.

YESSSS! YES, YES and YES!!

Eu sou sei que estou de férias! É certo que não vou à viagem de finalistas (ninguém da minha turma foi nem algué próximo e também não há dinheiro para tudo, a carta primeiro!!) mas não morro por isso, iria ser interessante mas by the way, where i am, e segunda um geladito já me espera no Mac, rever amigas, redimir-me de não ter ido ao aniversário da Joanita e ver a minha M. que tenho tantas saudades dela. 
Ah! e ver séries, muitos episódios que depois das férias há mais. Mas, pensemos agora no início delas!

Have fun! 

P.

terça-feira, 20 de março de 2012

Hello - M*


Dos torneios na semana aberta

Durante esta última semana de aulas, na minha escola, é a designada Semana Aberta, e por esse motivo decorrem imensas actividades de todo o tipo como: exposições, concursos de expressão linguística, torneios de andebol, voleibol, futebol e basket. Eu como sou uma pessoa que gosta bastante de desporto, fiz equipa com as raparigas da minha turma, e digo que para quem não jogava andebol há pelo menos 2 anos e nem sequer treinou jogamos muito bem. Mau, mau foi só o facto de termos uma péssima jogadora da qual não vou aqui mencionar nome nem nada, mas correu bem, a nossa melhor jogadora a ritona (joga andebol num clube aqui perto) é guarda-redes mas para todos os efeitos não pode sempre ocupar o seu lugar. No primeiro jogo fomos roubadas, o árbitro nao contou um golo nosso e assim poderíamos ter empatado e não perdido; o segundo foi mau, mas a outra equipa era constituída por raparigas da equipa de andebol da escola; o terceiro ganhamos e foi a vitória que nos soube mesmo pela vida. Conhecíamos as da equipa adversária toda, uma inclusive era colega da ritona lá no clube onde jogam e as outras eram maioritariamente jogadores do pólo, ou seja, tinham um remate fortíssimo e eram muitoooo agressivas mas coitaditas tiveram azar, não jogavam lá muito apesar de terem uma excelente jogadora e eram muito individualistas, e as equipas são constituídas por 7 pessoas logo temos que saber jogar em equipa e não foi o caso delas e por esse motivo também perderam.
Mas é como eu disse, foi a melhor vitória mesmo sendo a única.

P.

Tempo, tempinho

Há algum tempo que não vinha aqui ao blogue, aliás peço imensa desculpa por isso, ultimamente ando sem apetite de vir ao pc, só queria conseguir "sacar" de novo filmes da net para puder passar esta semaninha a ver comédias românticas e séries. Mas como agora decidiram não permitir "sacar" filmes, jogos, séries, músicas sem se pagar olha acabou-se a boa vida, mas esses senhores que não pensem que é por isso que vou passar a ter mais canais na tv cabo, comprar mais CD's, ir mais ao cinema... naaaahh, não há dinheiro para isso.
E por falar em séries, ando viciada numa série que estreou há pouquíssimo tempo, e tenho uma amiga que me arranjou já 16 episódios da 1ª temporada. Mas isto é assunto para um outro post. 
Continuando, ando cansada da net, mas prometo que vou tentar estar mais presente e escrever mais, divulgar-vos mais episódios da minha vida, mas a verdade é que ela agora está muito estagnada nada de emocionante acontece.. 
E pronto, era só isto caros leitores!

P.

Já tinha saudades tuas.

Porque como são raras as vezes que te ouço, quando passas numa rádio qualquer e eu não estou à espera, fazes-me lembrar coisas muito boas, e eu já tinha saudades tuas música.

P.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Flash Mob*

A sensação de participar numa é espetacular.
Dançar no meio da cidade assim do nada foi incrível. Divertimento garantido *.*`

Faltou a chuvinha para ser quase assim...

M*

Let's take a shower *.*


Palavras Acertadas VIII


M*

Dia do Pai *

Feliz dia do Pai*

Adoro-te Sr. J  
M.

Não agendada :b


Bom dia :)
Prontos para a última semana de aulas? Para mais um dia de trabalho?

Beijinhos 
M*

domingo, 18 de março de 2012

Sexual Healing



Boas noites 
M*

Revoltada


Boas noites Terráqueos !

Sim, hoje escrevo sobre um assunto tão banal como ignorado, o modo de vida insustentável que levamos e que prejudica gravemente a Terra.

Diariamente. tomamos consciência de que as nossas atitudes são erradas e que só causam mais danos no ambiente. Se assim o é, pergunto: Porque não alterar essas atitudes? Porque não optar pelo "saudável" ? 

Quando éramos crianças, os nossos pais incutiram-nos determinadas regras para que nos soubéssemos comportar. Talvez, não tivessem uma preocupação ambiental. Talvez o fizessem porque queriam ficar bem na fotografia social que os outros faziam da família. 


Se fosse um problema que só te incomodasse a ti, tenho certeza absoluta que farias tudo para o resolver. Como é um assunto que toca a TODOS, os OUTROS que comecem a resolver que depois, se me apetecer, eu ajudo. Ora, quando eras estudante, gostavas de "colas" nos trabalhos de grupo? Tinhas de trabalhar por ti e pelos outros. Chegavas ao fim cansada, revolta e, na maioria das vezes, não eras capaz de valorizar o teu trabalho e avaliar os teus colegas de acordo com o que fizeram. Com as tuas acções ambientais, passa-se exactamente o mesmo! Tu podes começar com tudo sozinha mas terás sempre com quem contar. Se colocas o papel no ecoponto azul e disseres "Vá lá mãe faz o mesmo", ela fará. Se disseres ao teu irmão mais novo "desliga a luz do teu quarto antes de saíres de lá!", ele acabará por se habituar. São pequenos gestos que farão toda a diferença no futuro. 

O futuro não te importa? Já cá não vais estar quando as consequências mais severas forem notórias? Pensas  bem, não haja dúvida. 
Gozaste a tua estadia nesta bela casa e depois os outros que se arranjem com a merda que foi causada antes de ti e agravada por ti. Minha gente, pensem antes de falar. Ajam com o cérebro de seres racionais e comecem a zelar por aquilo que também é vosso. Estou cansada de ver lixo no chão, lâmpadas acesas nas ruas a horas inapropriadas, senhores que recolhem o lixo com as mãos cortadas porque os vidros foram para sacas do lixo comum em vez do vidrão, sacas e sacas plásticas trazidas dos supermercados quando se pode ter uma saca reutilizável ...

Dicas "Amigas do Ambiente"

1- Desligue os aparelhos electrónicos. Mas desligue mesmo. Ao deixá-los em stand-by continua a ser desperdiçada energia. Se o desligar da ficha, pode poupar até 40% de energia. 


2- Evite abrir e fechar o frigorifico muitas vezes. Tire tudo o que desejar de uma só vez. Para beber água, encha uma garrafa com água gelada, que assim permanecerá fresca até a noite. Está a poupar mais energia do que pensa. 



3- Coma menos carne vermelha. O gado produz metano, um gás inflamável altamente poluente. Para produzir carne (vaca, porco e afins), são gastos milhões de litros de água. Para 1kg de carne branca (galinha e perú) é necessário apenas 10 a 20 litros.

4 - Faça reciclagem em casa e no trabalho. Com tanta informação que já existe sobre o assunto, já não tem desculpa para não fazer. No trabalho fale com o seu chefe sobre o assunto. Papel/cartão, vidro, plástico e pilhas. Quanto a estas últimas, use as recarregáveis: sabia que podem ser recarregadas cerca de 1000 vezes? 

5- Instale lâmpadas de baixo consumo, como flourescentes. Estas gastam menos 60% de energia que as normais. Pode poupar até 150 quilós de carbono anualmente. 
Ainda nesta linha, compre electrodomésticos de baixo consumo energético. Estas têm um selo certificado, sejam nacionais ou importadas. 

6- Marque no calendário: de 15 em 15 dias, descongele a sua arca. O excesso de gelo pode reduzir a circulação de ar frio e assim é gasta mais energia. 

7- Encha a máquina de lavar loiça ou roupa antes de pô-las a funcionar. Se quer apenas fazer meia máquina, seleccione um modo de menor consumo de água ou de uma temperatura mais baixa. 
Para lavar a loiça à mão, não gaste água quente no seu máximo se pretende lavar apenas alguns pratos e talheres. 

Para secar poucas quantidades de roupa, evite usar a máquina de secar. Em dias de sol ou de menos frio, ainda pode estendê-las no jardim, terraço ou até mesmo na casa de banho (abra a janela). Vai poupar muita energia!

8 - Coma no restaurante. Tente evitar comprar comida para levar, pois assim irá poupar no combustível, e menos embalagens plásticas significam menos lixo. 

9- Faça compostagem doméstica. É possível ajudar a reduzir o efeito de estufa a partir do seu jardim: o lixo orgânico e doméstico vai decompor-se de forma completamente natural. 


10. Compre alimentos da região, nomeadamente fruta e vegetais. Além de reduzir custos de transporte (combustível - ida até ao supermercado, por exemplo), está a ajudar ao crescimento da sua cidade. 


11- Ao fazer compras, leve sempre o saco de lona. Os sacos plásticos emitem dióxido de carbono e metano, assim como grandes poluentes: quem nunca viu imensos sacos no chão, ou no mar? Estes podem demorar até 400 anos a decompor-se.





12- Plante uma árvore ou flores no seu jardim. Assim  estão a ser absorvidas toneladas de dióxido de carbono.



13- Ande menos de carro. Sabia que ao usar o carro apenas duas vezes por semana estão a ser emitidos menos 700 quilos de gases tóxicos? Use os transportes públicos (autocarros, metro), ande a pé ou use a bicicleta. 

14 - Deixe o AC (ar condicionado) desligado. Prefira optar por um ventoinha de tecto. Ao refrescar a sua sala ou quarto, está a poupar até 90% de energia. Se quer dar algum uso ao seu AC, ponha-o no mínimo. 

15- Não desperdice água. Gaste apenas 5 minutos no chuveiro. Ao lavar a cabeça e o corpo, desligue a água, assim ela não está a ser desperdiçada. Se tem caldeira de água quente, diminua a temperatura até entre 10 e 15 graus. Se tem crianças, não as deixe brincar com água. Ensine-as desde cedo que a água é um bem precioso que deve ser preservado. 


15 pequenas atitudes que farão a diferença se juntos lutarmos pelo ambiente melhor. Se travarmos a longa batalha que se adivinha com o efeito estufa que traz um consequência gravíssima - AQUECIMENTO GLOBAL. Olha bem à tua volta e vê a falta que faz a chuva!

M* 

Peço desculpa pelas expressões mais rudes. Muitos precisam de um abanão para mudar.


sábado, 17 de março de 2012

Escuta quando cai !


Por vezes, é mesmo assim...


A casa do Amor, o nosso coração, por vezes parece feito de Legos que com um toque mais forte caiem no chão. Lá se vai a casa, o abrigo que construímos, o sentimento que tínhamos.

M.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Sonhar.

Não consegui arranjar imagem que expressasse totalmente o modo como queria que olhássemos um para o outro quando nos encontrarmos um dia, por acaso ou combinado, mas no dia em que nos víssemos pela primeira vez, dear "unknown", porque no fundo ainda o és. 


P.

Pensamento/frase da semana*

Para mim, é mesmo isto, e só isto. O pior é que eu já a encontrei, já a tive, mas já a perdi também. Mas com certeza há algures um outro alguém para mim, que goste de olhar para as estrelas da mesma maneira que eu..Porque o amor é assim, é necessário as duas pessoas gostarem uma da outra e partilharem alguns gostos, não necessariamente todos mas alguns, aliás o amor é isso mesmo uma partilha de sentimentos, emoções, paixões, carinhos, palavras bonitas, noites de sonho, manhãs sorridentes, almoços exaustivos e jantar calmos.

P.

Cervo, Cerveira, Minho

Pois bem, hoje fui ao norte mesmo norteee de Portugal. Fui a Vila Nova de Cerveira, numa visita de estudo. Eu já conhecia, já tinha lá estado algumas vezes, mas confesso que gostei muito desta vez. A parte mais entusiasmante foi sem dúvida o passeio de barco. E isto porquê? O barco era daqueles tipo "insufláveis", daqueles que geralmente ou os bombeiros ou até a marinha usam, dos mais pequenos, para resgatarem pessoas ou assim. É claro que aquilo assustou-se um pouco, porque é um barco que adquire muita velocidade o que faz com que o barco incline devido ao peso que leva, conforme o número de pessoas, e no meu caso, fomos cerca de 16 pessoas contando com o guia e o senhor que conduzia o barco. Ao princípio, como já tinha dito, tive um pouco de receio (eu e maioria das restantes pessoas), mas depois de aquilo começar a andar a grande velocidade, só apetecia estar constantemente a andar naquilo, percorrer o rio Minho de cima a baixo. O pior daquilo era só mesmo a quantidade de vento que se levava nas "trombas", é que era cá um gelo, aiii...
(Depois deixo-vos aqui umas fotos da viagem de barco e das gaivotas, garças etc, que encontramos pelo caminho.) 
Mas como todas as visitas de estudo têm sempre algo de menos bom ou muito aborrecida, nesta foi essencialmente a visita a um laboratório, é que o senhor de nome "Patrício" - isso foi logo motivo para gozo - esteve a explicar pormenorizadamente todos os procedimentos para fazermos lá uma mera experiência para ver a quantidade de nitrato na água. É que se nós fossemos de LH, ainda se percebe pois esses nunca tiveram laboratório, nem físico-química, já nós temos, aliás sempre tivemos, à excepção deste ano, pelo menos a minha turma. Foi mesmo muito chato aquilo, muito e demorou uma belíssima hora e meia... ah, e vi Lontras (risos)
Apesar de tudo, foi uma excelente visita de estudo. Afinal, passear é sempre bom! 

P.

quarta-feira, 14 de março de 2012

e era ...


"Não generalizes o instante para destino"  Oli*

Quando se lê algo deste género, o que se pensa? Talvez que sim, ele tem razão. O facto de neste instante eu estar a escrever isto não quer dizer que no futuro (agora mesmo passados alguns segundo) continue a fazer. 

Por outro lado, quando se associa esta frase ao amor, as interpretações tomam outros contornos. É como se o ser racional que afirma concordar com a frase o deixa-se de ser. Passa do objectivo ao que de mais subjectivo há, o amor. Faz rascunhos e rascunhos de desenhos e textos que expressem o sentido da frase e acaba por chegar à conclusão que não é bem como o Oli* disse. No instante em que o amor nos visita, dizemos "Olá" para um futuro que logo imaginamos a dois. O momento passa à eternidade que, segundo muitos, está traçada. Qualquer sinal é a dádiva de esperança, a lufada de ar fresco que precisamos para continuar a manter o sonho de um dia ficarmos juntos. É um instante que faz pensar no destino, que nos faz acreditar que temos o poder de moldar aquilo que foi traçado. 

O Amor é uma força de intensidade indeterminável, direcção variada e sentido universal. É o momento,  é o sempre. Nasce connosco. Cresce contigo. Morre comigo. Generaliza a vida, clarifica-a ou escurece-a consoante o que se deseja.

M.

terça-feira, 13 de março de 2012

Questão



Quem espera, desespera!
Quem espera sempre alcança!

Em qual acreditam mais?




Beijinhos, 
Até amanhã, M.

Meu pequenino!


Tinha eu 8 anos, a caminho dos 9, e estava prestes a nascer o maior presentinho que me poderiam ter dado.    Desde criancinha que pedia para ter um irmão, queria ter com quem brincar, queria companhia, queria-te a ti. Quando a mãe me disse, eu vim para fora saltar de tanta alegria que tinha dentro de mim. Nasceste às 4h10 da manhã e nesse dia, o pai quando soube que já tinhas nascido veio à minha cama dizer-me e eu não preguei olho  até te puder ir ver ao hospital. Nesse dia fui à escola, e não disse a ninguém, só à sandra, a que era na altura empregada da escola, que tinhas nascido. Foi um dia tão feliz, tão feliz!
Hoje, fazes 9 anos e és a melhor coisa que eu tenho meu irmão. 
Espero que confies aqui na mana para tudo, sabes que te protejo, sabes que temos as nossas divergências, mas é como tudo. Apesar disso, somos os dois muito agarrados um ao outro. 
És o meu anjinho! És o meu orgulho!

Muitos Parabéns L!

Gostoo muito de tiiii!! 


P.

[M]


[M] de música
[M] de memórias

Fantástico como me recordo de cada momento passado a ouvir esta música. Bons velhos tempos!

M*

Pensamento / Frase da Semana *


M.

Não me (te) assiste!


Ciúmes é uma cena que não me assiste (de vez em quando, assiste-me sempre)!

Falta de coragem é coisa que não te assiste (sempre, apenas de vez em quando)!

Conclusão: Estou com ciúmes e tu com falta de coragem. Ambos sabemos disso mas nada mudamos porque ...

M.

Minhas preces :o


Não é que o envio do e-mail falhou?!
Quando ele* me disse, nem quis acreditar. Era um e-mail tão pesado e, talvez por isso, não deu !

OMG - o segredo mantém-se, QUE ALÍVIO !

Não se volta a repetir!

M.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Lá se foi o segredo - merd*


Todos sabemos que o Hotmail é fraquinho, quando a conversa é anexo de ficheiros. 
Eu, parva como sou, lembrei-me que eu e a P. temos a conta g-mail do nosso blog. Um e-mail com ficheiros pesadões como os que eu precisava de enviar só poderia ser via g-mail.

Então, inteligente como sempre, fui enviar a um amigo* um e-mail a partir desta conta. Resumindo, espero que ele não seja curioso ao ponto de procurar a origem do nome Suspiros e que muito menos encontre o meu (nosso) blog. 
P., desculpa-me, nunca mais me lembrei que o nome que lá ia era Suspiros !

Por outro lado, se aqui chegaste - Olá, eu sou a M., a tua amiga* . É verdade, agora descobres todos os meus segredos quando leres alguns post's !

Só faço porcaria! Que nervosssssss -.-


M.

P.S.: Adorova que o teu e-mail não permitisse a recepção de mensagens "spam". Sei que esta lá vai parar e, portanto, era automaticamente eliminada !

sábado, 10 de março de 2012

Pensamento/frase da semana*


E se isto não fosse realmente verdade eu não o colocaria aqui. Por fora, conta sempre um pouco dá sempre mais uns pontos na 1ª impressão, mas cá dentro é que está a pérola. Aquele que em algumas pessoas demora a abrir a concha, mas se for uma boa pessoa acaba sempre por se ver.

E nunca se esqueçam, a beleza está por fora, mas o melhor dela é o interior!

P.

Música do dia!


É magnífica e adoro, adorooooo esta banda! A banda patrulha da neve, como dizia um caro amigo meu :)

P.

P.S. Tenho saudades tuas caro amigo, que andas por aí perdido pelo romance. 

Touch me ❤ - M*


quinta-feira, 8 de março de 2012

Coisas que surpreendem.



O homem que me levar a veneza um dia, será de perto o amor da minha vida, ou quase isso, se é que existes mesmo, amore della mia vita..

P.

Só porque é o nosso dia Ladies!

E dedico esta músicas a todas as mulheres, porque nós de facto somos algo de E-X-T-R-A-O-R-D-I-N-Á-R-I-O!

Espero que tenham encantado muito boa gente - sim, porque uma bpa mulher só se dá com   pessoas da sua qualidade ;D -  que por aí anda, todos os dias da vossa vida!

P.

Somos fabulosas !


M.

quarta-feira, 7 de março de 2012

All human !



É um longo vídeo. São 30 minutos da  nossa vida mas vejam, a sério!

M*


Se eu tivesse...


... chegado um minuto mais tarde ao pé de ti, teria um bilhete a aguardar-me no estojo. Precipitei-me, fiquei na ignorância e com curiosidade. Que estaria naquele pedaço de papel?
M.

Enjoy it :)


M*

terça-feira, 6 de março de 2012

Take me to the magic of the moment


Porque a vida são dois dias, 
Porque temos de fazer pela nossa vida,
Porque felicidade deve ser das palavras-chave do nosso dicionário pessoal, 
Porque não podem faltar sorrisos, 
Porque precisamos de encontrar as pessoas magníficas que por aí andam, 
Por muitas e muitas outras razões, 
Precisamos do Vento que traz a Mudança, que nos vai fazer correr pelo que realmente queremos e não pelo os outros dizem ser o melhor. Se correu mal, é porque assim deveria ter sido. Para estas situações existe a Mudança que nos faz inverter o caminho, virar à esquerda ou à direita e seguir em frente. Até sabermos andar, caímos muitas vezes. Até sabermos o que é certo para nós, vamos errar muito. Com os erros aprendemos, com eles crescemos. 

Cabeça erguida para sentir o Vento da Mudança e para a Felicidade seguir!

M. de Mutações que nos levam à Evolução

Cara de poucos amigos

Olá 
Olá
Tudo bem?
Sim e contigo? 
Também. Que fazes?
Nada de especial e tu?
Nada também. Contas algo?
Nada!
Eu também não. Queres falar-me de ti? 
Não -.-
Oh porquê?
Bye --'

Confesso que odeio conversas assim, odeio pessoas que não percebem que não estou interessada em conversar com elas e que não faz parte das minhas intenções passá-las a conhecer. Sim, eu sei que se é meu "amigo" deveria ser simpática mas (please) lá por me ter adicionada no Facebook não quer dizer que já sabe a minha vida toda e, portanto, pode interferir nela quando quer e bem lhe apetecer. Todos os dias diz-me "olá" e vem com a mesma conversa de treta. Se não lhe respondo está constantemente a fazer soar o som do chat. Dizem vocês: Bloqueia-o! Já o fiz e não resultou. O moço passou a enviar-me toques e mais toques. 
Nunca gostei de redes sociais. Têm os seus aspectos positivos mas, como tudo na vida, tem pontos negativos. Quando tinha os meus 14, 15 anos, todos andavam doidos com o Hi5. Curiosa como sou, criei um. Durou uma semana. Muita bisbilhotice, muita falsidade. Pessoas que não se suportavam era com comentários e post's tipo "Fofinha da minha vida <3", really? 
O ano passado e depois de muito me falarem criei a conta no Facebook. Não é melhor ou pior! É a mesma coisa. Uso com bastante frequência e leio coisas que me dão vómitos, vejo rapazes e raparigas que ...! Com maior frequência penso em eliminar a conta mas aí falam os jogos e algumas das pessoas interessantes que por ali andam e que estão longe, por exemplo.
Este momento estou furiosa porque estou cansada daquilo a que tenho acesso e não gosto e dos adolescentes estúpidos que precisam de um desenho para perceberem que não tenho cara de mãezinha deles! Apetece-me ser malcriada e insultar determinados indivíduos.
 
Vou ali pensar se é desta que a conta voa até ao Cú do Judas !

M.

Biology you make me crazy ...


E digam lá se não é a melhor música que já ouviram? A minha adorada stora de biologia mandou este e mais outro vídeo sobre a PCR para nos animar o estudo or maybe not (risos)...Ai, que tenho tanta matéria para estudar, desejem-me sorte!

P.

Recaídas de um amor já perdido III


Gostava de te ter dito isto há dois anos atrás. Porque no fundo, era esta a verdade. Eu amei-te, talvez como até hoje nunca amei ninguém e tenho a noção disso, ai se tenho, só já não gostava de ti, da pessoa em que te tornas-te e doí-me muito pensar que até hoje nunca mais voltaste a ser o mesmo.
Já me cansei desta coisa de não conseguir encontrar um outro alguém, um alguém que eu ame e que me ame a mim, que me deixa ir às nuvens pousar lá e nunca mais de lá sair. O tempo já lá vai, e as palavras já estão gastas. Não há completamente nada a fazer, resta-me apenas esperar que isto passe, que a dor passe e, que por fim o amor volte e me sorria de novo num outro rosto que não o teu.
Espero que um dia saibas que estive aqui muito tempo, a pensar no que poderia ter feito, e sei que se naquele eu tivesse pensado melhor, nunca teria acabado aquilo que tanto me custou a ter e me fez muito feliz.Gostava que daqui por muitos anos, voltássemos a ser amigos, porque no fundo perdi um grande amigo. Sei por fim, que um dia vais ser meramente uma recordação que o meu cérebro se lembrará de apagar... Mas já lá vai muito tempo e eu já te disse, as palavras estão gastas. 

P.

domingo, 4 de março de 2012

Grrrrr

Tumblr_lpvdqekxg71qk0mqro1_500_large

Estou mesmo furiosa, estou uma pilha de nervos, acho que nem vou conseguir dormir... E isto tudo porque a minha queridinha prof. de português marcou teste para amanhã sobre lusíadas, e por incrível que pareça, ela só nos deu praticamente a matéria na sexta. Para quem tem 3 testes esta semana e logo 2 seguidos, vai ser super fácil de se tirar boa nota nos 3. Só sei que amanhã, amanhã vou olhar para aquilo e ela vai colocar lá cada mas cada pergunta linda de interpretação com coisas que nem sequer mencionou na aula. Agora digam-me, em ano de exame nacional, como é que eu vou conseguir tirar boas notas a português? COMO?  
How i miss my teacher of portuguese the last year...

P.S.: Ando com uma certa comichão, apetece-me  muito escrever uma cartinha para a DREN para nos mudarem a prof...

P.

Do you understand?




Palavras Acertadas VII


Quando nos apaixonamos, ou estamos prestes a apaixonar-nos, qualquer coisinha que essa pessoa faz – se nos toca na mão ou diz que foi bom ver-nos, sem nós sabermos sequer se é verdade ou se quer dizer alguma coisa — ela levanta-nos pela alma e põe-nos a cabeça a voar, tonta de tão feliz e feliz de tão tonta. E, logo no momento seguinte, larga-nos a mão, vira a cara e espezinha-nos o coração, matando a vida e o mundo e o mundo e a vida que tínhamos imaginado para os dois. Lembro-me, quando comecei a apaixonar-me pela Maria João, da exaltação e do desespero que traziam essas importantíssimas banalidades. Lembro-me porque ainda agora as senti. Não faz sentido dizer que estou apaixonado por ela há quinze anos. Ou ontem. Ainda estou a apaixonar-me. 
Gosto mais de estar com ela a fazer as coisas mais chatas do mundo do que estar sozinho ou com qualquer outra pessoa a fazer as coisas mais divertidas. As coisas continuam a ser chatas mas é estar com ela que é divertido. Não importa onde se está ou o que se está a fazer. O que importa é estar com ela. O amor nunca fica resolvido nem se alcança. Cada pormenor é dramático. De cada um tudo depende. Não é qualquer gesto que pode ser romântico ou trágico. Todos os gestos são. Sempre. É esse o medo. É essa a novidade. É assim o amor. Nunca podemos contar com ele. É por isso que nos apaixonamos por quem nos apaixonamos. Porque é uma grande, bendita distracção vivermos assim. Com tanta sorte. 

Miguel Esteves Cardoso, in 'Jornal Público (14 Fev 2012)

M.