domingo, 30 de setembro de 2012

Não sei descrever...



... o que esta música me transmite, se é que transmite algo. De qualquer fora, parece-me adequada para hoje!

Beijinhos*

sábado, 29 de setembro de 2012

Caro Anónimo II




Bem, vamos lá esclarecer uma coisa porque eu não quero confusões. Eu não me importo que me corrija, aliás fiz questão de o salientar bem. O que não gostei foi o facto de não se identificar. Todos temos de "ter tomates" na vida e mostrar quem somos quando agimos. Apenas isso!
Peace & Love

Eu sou assim...


Eu sou daquelas pessoas que só carrega o telemóvel quando se lembra ou de quando já não tem sequer dinheiro no dito cujo. Por isso é que necessito de ter facebook, skype and other stuff. O pior disto tudo é que em tempo de aulas quem eu preciso de falar não está nunca nesses locais, ou seja, só via telemóvel é que posso conseguir algum tipo de "conversa". 
Preciso urgentemente de carregar o telemóvel mas sei que depois de o fazer não vou mandar mensagens a ninguém a não ser que me lembre de o fazer. Eu sei, eu sei...sou uma pessoa esquisita. Quando se é solteiro dizem que não se liga tanto o telemóvel, já quando o já se não é, numa fase inicial, é sempre a trocar mensagens. Pelo menos é o que me acontece a mim, mas eu, eu sou uma pessoa esquisita ;)

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Assim é o dobro do tempo :D



Eu durmo. Eu sonho. O que é que sonho? Que estou a dormir. Durmo em dois locais durante o mesmo tempo. Em vez de 6h, eu durmo 12?! ^^



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Travel Heart


Ontem adormeci a sorrir. É bom, há algum tempo que não acontecia, sinto-me bem. Ando toda contente, aos pulinhos de alegria e sempre a cantarolar. Algo se passa aqui... Será que é o amor que me anda mesmo a fazer uma visitinha?? Se for , que dure e que me mantenha assim, feliz.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Outubro!!


Oh, i'll wait. I'm waiting for so long i can handle with a few more weeks. 
October hurry up, now!! 
Ah, quero ver a nova temporada de The vampire Diaries. Em outubro é que chegam sempre as novas temporadas de todas as séries que vejo, estou ansiosa!


terça-feira, 25 de setembro de 2012

Das coisas boas da vida!

Hoje, hoje estive com a minha querida M. Tinha tantas saudades dela. Já não a via há algum tempo e foram 3 anos sempre a vê-la, todos os dias, logo sinto falta dela. Lá combinámos um café. Estava a chover tanto, mas tanto que até soube bem estar ali no quentinho do café a ver a chuva cair. No caminho para casa até acabamos por dizer isto, de gostarmos deste tempo assim. Estamos definitivamente no outono e, por muito que haja gente que não goste, eu adoro este tempo. Sim, é chato quando nos molhamos todos mas este tempo é maravilhoso! Dá uma vontade imensa de ver filmes e estar na caminha no quentinho. Gosto tanto. 
Já agora, tenho a dizer que adoro esta música e ando sempre a ouvi-lá ultimamente:






P.S: Espero ver a M em breve :)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Are you fucking kidding with me?



Adoro tanto (leia-se ironicamente sff) quando mando uma sms fofa a alguém e obtenho como resposta: "Quem és?". 

Gente nova.




É incrível mas só nesta última semana tem recebido alguns pedidos de amizade, o que não é comum, e é todo gente nova da escola que eu frequento. Anda tu com uma necessidade imensa de fazer novos amigos. Ah! E antes fosse só isso... ultimamente se me encontrar no meio de muita gente é só empurrões e tocarem-me no rabo. É pah, nem tanto o mar nem tanto à terra. Das duas uma, ou anda tudo com uma excitação imensa de estar numa escola nova com gente nova ou anda tudo com as hormonas aos saltos. Hum a mim parece-me mais a segunda. Vamos lá ver se, se acalmam com o empenho a 120% nos estudos. 

Good Vibes

Ouvir
"It's a new dawn
It's a new day
It's a new life for me
And I'm feeling good"



A visão da minha mãe



Como hoje não tenho aulas, qual é a visão que a minha mãe tem de mim? 
R: Dona de Casa (-.-)
Isto significa que sou a sacrificada para limpar, aspirar, passar a ferro e cozinhar! Okkkkk 
As limpezas já vão a meio. Até logo :)




Pior de tudo: até estou a gostar de limpar :o 

domingo, 23 de setembro de 2012

sábado, 22 de setembro de 2012

WAKE UP ... *



Estou numa altura do ano em que preciso de novos desafios, conhecer outros lugares, pessoas. Saber onde procurar o original, esquecer a sombra e colorir os dias que se tornam mais pequenos e frescos. Estou cansada da rotina, de ver as mesmas coisas. Quer um Outono recheio de novidades e novos objectivos. 

Bom Outono para todos * 

Minto


"Só faz falta quem cá está" - Sempre que digo isto estou a mentir. Só digo isto quando não está alguém que realmente deveria estar. Penso que a maioria das pessoas o diz (simplesmente) por cliché. Quando reparamos que falta alguém é porque essa pessoa é, de certa forma, importante, muitas vezes mais importante que todas as outras.
Há dias em que fazes falta. Apesar de todos os que tenho em mim, sinto que não estou completa porque não estás cá tu. Quem sabe em breve, possa dispensar outros para te ter de uma forma mais completa. Enquanto isso, digo e repito "Só faz falta quem cá está" !

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Swim **



O quanto me faz falta dar umas belas braçadas, mergulhar bem fundo e vir ao cimo de leve, levezinho... Infelizmente a piscina daqui da terra está em obras, só para Outubro é que abre. É nestas alturas que percebemos o quanto uma coisa nos faz falta e, a mim faz-me falta nadar. Nadar muito, calmamente. Sentir o cheiro a cloro, mergulhar e sentir aquela água fresquinha, ver jogos de pólo e respectivos jogadores (ahahah). Sinto falta, faz-me falta ... 





*


Quando tudo parece começar a compor-se, a entrar nos eixos, há sempre uma alma que decide nos deitar meio mundo em cima da cabeça. Temos que rebobinar tudo outra vez , fazer novos planos e pensar que ou é desta ou não é, não há cá meios termos nem meias voltas, desta tem mesmo que ser! Não pode haver falhas e só não sei como o vou conseguir, mas de algum jeito terá de ser.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

*!

Há uns 4, 5 anos quando aind andava no básico, era "moda" todo o mundo ter melhor amigo(a). Mesmo que fosse só para dizer que tinha e escrever nas redes sociais nos murais uns dos outros "love you bf <3" ou "és a minha vida melhor amigo (a)". Ainda hoje há muito essa necessidade das pessoas dizerem isso, de terem esse alguém que designam de melhor amigo. Eu nunca fui muito disso, sei bem com quem conto e não é preciso chamarmos-nos assim, porque sabemos o que somos uns para os outros. Não tenho só um(a) melhor amigo(a), tenho alguns. Não tenho 10 nem 20, que isso já é mais amigos que melhores amigos, mas tenho uns 3, 4 pessoas que conto tudo e que confio profundamente. 
Desde sempre tive uma pessoa que considerava a minha única melhor amiga, quase como uma irmã para mim. Éramos amigas desde pequeninas. Passávamos os dias em casa uma da outra. Em dias de escola chegávamos a uma de nós almoçar rápido para ir logo para a casa da outra. Sei que para ela eu também era como uma irmã, no entanto nunca mo disse. Quando fomos para o básico ela afastou-se de mim e assumiu com o título de "melhor amiga" uma outra pessoa. Fiquei muito triste, mas passou. A partir daí comecei a ver que não há bem melhores amigos, mas sim grandes amigos. Porque um melhor amigo está sempre connosco e não nos deixa assim por qualquer coisa, pelo menos se gostar realmente de nós. Hoje, sei que as 3, 4 pessoas que considero "melhores amigos" estão aqui sempre, mesmo que eles próprios estejam mal. E não necessito de lhes dizer que o são, nem eles a mim. Mesmo sabendo que eles também têm os seus outros "melhores amigos" eu faço parte, eu estou lá, tal como eles para mim.
Há muitos amigos, muitos colegas muitos tudo e mais alguma coisa, mas são poucos aqueles que podemos confiar e definitivamente chamar de amigos, dos verdadeiros!

91*******


Uma voz interessante acaba de me ligar. 
Fiquei curiosa por saber quem era e porque raios tem o meu número -.-

Não poderia começar melhor o dia


Acordar cedo sem precisar de qualquer tipo de despertadores. Olhar pela janela e ver um dia lindo. Ligar a música e deixar-me estar na cama sonhando com tudo e com nada. 
Sabe tão bem ! *



Últimos dias de Verão? Que importa isso?

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

o que eu adoro.

Tumblr_m6mtj6vnjm1qardeao1_500_large

O que eu adoro iogurtes com pedaços, aquilo é tão booommm... Os meus predilectos são os iogurtes da Grego, natural açucarado de preferência. Delicio-me a comer aquilo. Ah! Mas a grande fã de iogurtes aqui é a menina M que adora mesmo. 
Acabei agorinha mesmo de comer um, quem é servido? :)

Ora digam lá...


Here's the big question, who don't have a answer --'

É que para gaja há, já para eles nada.

A minha agenda ocupada vs As saudades



Estou sem tempo nenhum com as coisas da Faculdade. Passo os dias no Porto. Chego a casa exausta. Acordo cedo ... 
Não vou fazer praxe. Vou pertencer ao Grupo Académico. Além de mais soft, o ambiente é completamente diferente. Na minha (e na de muitos colegas) opinião, a praxe de lá ultrapassa alguns dos limites mínimos do respeito que sempre me incutiram. 
Move on! Os meus "coleguinhas" aparentam ser todos uns fofos. Os futuros enfermeiros serão uns gatos :p

  • Quinta vou com uns "deslocados" (pessoas que não residiam no distrito) passear pelo Porto. Eles merecem conhecer a cidade e sentirem-se acolhidos pelos que já cá estavam. Vai ser divertido. 
  • Sexta tenho o Dia da Defesa Nacional -.- 
  • Sábado tenho finalmente tempo livre para cá vir e dedicar-me aos vossos mundos. 
Sabem que digo? A Blogosfera faz-me tantaaaaaaaaa falta ! 


terça-feira, 18 de setembro de 2012

Voltar à escolinha.


Para muitos, este é um ano que será o começo de uma vida cheia de diversão mas também muito estudo. A vida universitária. Para mim, infelizmente, não será este ano. Continuo na mesma escola e só a fazer uma disciplina, vou ver se consigo fazer melhorias, mas aquela escola é tão boa que só estão disponíveis o horários de todas as turmas para a semana... Estou numa turma nova, não conheço praticamente ninguém e eles são todos ainda um pouco criancinhas mas são engraçaditos. Estou com três pessoas que conheço, hoje também já começamos a socializar um bocadinho e já deu para perceber que a turma é meia dividida. Fez lembrar-me da minha de 11º. 
Tenho a sensação que este ano correrá melhor, sinto que as coisas vão finalmente correr na direcção certa. Vamos ver, com o tempo...

sábado, 15 de setembro de 2012

Então, não é que o puto...


... é o galã da turma e eu não sabia :o

Fui com ele à apresentação e, como não conhecia nenhum dos pais que lá estava, mantive-me sossegadinha mas sempre de ouvidos bem abertos. De repente, ouço o nome do meu irmão e fiquei atenta obviamente. 


Mulher 1: E o J.? 
Mulher 2: Que tem? Espero que se comporte melhor este ano... 
Mulher 1: Não é isso. Ele fez com que as miúdas se zangassem todas! 
Mulher 2: Pois, é normal. Andam todas caídas por ele. 

Ok, eu não dava 1 cêntimo por ele. Tem futuro o moço, tenho que admitir.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

As músicas e eu


O refrão desta música reflecte bem aquilo que hoje penso e sou! 


Segundo a M. esta música sou eu, tudo o que nela diz, sou eu. E eu cá, até que concordo. :)

Be strong*





Voltei! Não esperava que precisasse de tantos dias para por esta cabeça em ordem. Hoje, sinto-me melhor! Sinto que o mundo afinal não desabou por cima da minha cabeça, ele apenas teve que me atribular para que eu soubesse que este ano é preciso trabalhar para se alcançar os objectivos. 
Chorei, gritei, "trepei paredes" libertei toda angústia e dor que tinha dentro de mim. Já não suportava ouvir certas vozes na minha cabeça, não consegui dormir só de pensar em tudo o que teria que fazer, tudo o que tinha de planear bem planeado, todos os desejos que ainda não foram concretizados. 
Haverá sempre pessoas que nos vão deitar a baixo e que isso lhes dá o maior prazer, em que esses conseguem e os outros ficam pelo caminho. Mas há um dia em que uma pessoa se revolta e pensa "eu caio mas também me sei levantar". 
Nunca fui pessoa de desistir. Tive sempre as ideias bem formadas na minha cabeça. Sempre soube muito bem aquilo que quero, e sempre soube lutar para o ter. No entanto, desmoralizo, vou abaixo muito facilmente. É apenas um "se" que a partir de hoje terá cada vez menos efeitos em mim. 
Mas ainda vou a tempo de mostrar a todos aqueles que me queriam ver no fundo, que diziam sempre que eu nunca conseguiria o meu objectivo, que eu consegui! E que se esses grandes filhos de um diabo conseguiram primeiro, ora ainda bem, talvez um dia eu seja melhor profissional e melhor pessoa que eles. Mas o melhor de este ano é que não vou ter que olhar tão cedo para a cara desses desgraçados, desejo-lhes o dobro do que me desejam a mim. 

A vida nunca foi fácil para ninguém, embora por vezes custe muito aceitar certas partidas dela temos que aprender com isso e apenas tentarmos sermos ainda melhores. 








"Some day we will find what we are looking for. 
Or maybe we won't.
Maybe we wiil find something much greater than that."

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Mais uma entre muitas


Adoro esta música *

Tudo se compõe



Andei com  o coração nas mãos nos últimos dias. Um stress acima do normal e mais atrapalhada que nunca. Há algum tempo, falei-vos do cancro da mama que uma tia minha tinha. Pois é, ela teve que remover a mama e dias antes disseram-lhe que ela tinha metástases no fígado e nos ossos. Havia fortes possibilidades de necessitar de um transplante. O mundo caiu por completo. Senti-me tão impotente, tão inútil e frágil que acabei por descarregar aqui. Afinal, o meu blog ser também para isso. Hoje, soubemos o resultado da biopsia aos nódulos do fígado - são benignos. Quanto aos ossos, não há nada. O resultado do primeiro exame não estava correto. Fará um terceiro para tirar qualquer dúvida. Segue-se a próxima etapa: Quimioterapia. A pouco e pouco, tudo se compõe. Hoje posso dizer que tive uma excelente notícia !

Eu admito e vocês?


Quem não tem? :p

Sorriso no Rosto = Cor na vida *



Bom dia ! *


P.S.: Obrigada a todos os que têm comentado o blog nos últimos dias, prometo visitar-nos o mais depressa possível ! Lamento que tenham conhecido o meu lado mais arrogante/amargo da forma como conheceram ...

I'm easy like Sunday morning *


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Existe uma ligeira diferença...



Uma coisa é ter falta de coragem, outra é ser-se cobarde. Cobardia tira-me do sério!

Voltar a ser eu *



Ás vezes, tenho de ir ao tapete e perceber a fragilidade da vida. Não permaneço lá muito tempo mas, quando me levanto, trago comigo novas forças e objectivos bem determinados para voltar a ser eu mesma. Há dias mais complicados que outros. Hoje e amanhã é/será prova disso. Contudo, não deixo de acreditar que é possível melhorar.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Caro Anónimo,



Lamento que tens de esconder a tua identidade para me corrigires. Como deves compreender ,"Errar é humano" e não me importo minimamente que me corrijam desde que eu esteja realmente errada.  Agora, é uma pena  que faças afirmações do tipo "Ainda bem que português não é prova de ingresso" não me conhecendo. Sou uma óptima aluna a português e louvo que nunca deu erros ortográficos.
Além disso, aquele momento era de pura emoção. Foi a confirmação para a realização de um sonho. O êxtase era tanto que nem reparei na ausência do i. Erro corrigido. Obrigada e volte sempre de preferência sem se esconder. 

P.S.: Parabéns se nunca deste um erro  :)

" Um carinho cai sempre bem."



Num segundo estamos lá em cima e no segunda a seguir já estamos no fundo do poço. Ás boas notícias sucedem-se más, como um ciclo vicioso. Hoje, pode não ser o dia ideal para sorrir, pode ser, sim, o dia perfeito para cair no chão e lágrima a lágrima libertar tudo o que nos magoa. Nestes momentos, sabe bem ter alguém do nosso lado que nos apoio, que nos dê o colo que tanto precisamos. São estas pessoas que marcam a diferença e que nos fazem acreditar que somos capazes de lutar contra o mal, tal como os Super-Heróis o fazem. Não temos de sair derrotados nem devemos/podemos baixar os braços e perder de vista o nosso objectivo, a felicidade. "Gosto muito de ti" é algo que calha sempre bem, que soa de uma forma indescritível no nosso ouvido. Um abraço e um ombro amigo são o conforto insubstituível. Sinto felizarda apesar de tudo.

O mundo mudou há 11 anos !



Uma imagem que jamais será esquecida. Um episódio que mudou o mundo. Uma tragédia que ditou muitas outras tragédias. É assim que me recordo do 11/9/2001!

domingo, 9 de setembro de 2012


Ando uma "desgraça". Não me sinto muito bem, e por isso mesmo penso afastar-me aqui um pouquinho da blogosfera... Não me decidi, ainda. Mas caso decida levar isto em frente eu aviso-vos. Sei que a minha querida parceira tomará bem conta do sítio sem mim, durante um tempinho. 
Caso vá, prometo que volto e duvido até que demore muito tempo sem vir aqui, isto já é parte de mim e faz-me sempre falta. 

*

Música de domingo!


Esta música acho-o tão bonita! É tão suave, calma... Transmite-me uma paz tremenda mas ao mesmo tempo    uma enorme saudade.

Esta é a música do meu domingo :)

sábado, 8 de setembro de 2012

Tenho para dar e vender !



Não caibo em mim de tanta felicidade ! ESEP aqui vou eu *.*

*




Há coisas que devíamos partilhar apenas para nós próprios, pois há pessoas com a capacidade terrível de nos tirar a felicidade dessas mesmas coisas.

A minha música para o dia de hoje *




Feed de notícias em decadência total


Quando não se consegue dormir, inventa-se mil e uma coisas para chamar o João Pestana. Ontem, como ele não vinha, decidi ficar por cá a ler alguns blogs, sempre mantendo a página do Facebook aberta. Que raio de ideia M. ! 

O meu feed de notícias resumia-se a duas coisas.

  1. Miúdas histéricas pelos One Direction que, a cada 2 minutos, publicavam um foto dos ditos. (A partir de terminada altura também só encontrava blogs sobre eles -.-)
  2. Uma menina que publicava piadas secas sobre loiras e canibais. Exemplo de uma:  "Estão dois canibais a conversarem, quando passa por eles uma rapariga sem um braço. Diz um para o outro: - Olha, aquela é a tal gaja que eu ando a comer."
Conclusão: Devo fugir do Facebook a partir das 2h!

Jantares e aquilo que implicam.



Ontem, tive um jantar com os meus amigos e colegas de turma do meu 9ºano. Já há imenso tempo que não estava com a maioria das pessoas que foram ao jantar. No entanto, há sempre aquelas "peças" que não costumam fazer grande falta, no entanto, convive-se com todo o mundo. 
Reparo que no meio de 11 pessoas só quatro, ou melhor, três dessas pessoas é que não fumavam, nem tabaco nem outra coisa qualquer, se dedicavam à escola, não eram comprometidos e que eram capazes de ser as pessoas mais "anormais" do mundo naquele ambiente. E eu estava incluída no grupo dos "anormais", pois chego à conclusão que comparada com muita gente da minha idade e não só, sou muito "anormal".
Tirando isso, passou-se bem a noite, sempre na galhofa, uns a falar de faculdade, outros de escola, outros de vinho e bebedeiras, outros de gajas boas, outros de "mulheres da vida", bem que animação, vinho alentejano na mesa e bota abaixo!
Gostei de os rever a todos, foi muito divertido, tirando os outros lados. Ficou combinado um próximo jantar ou saída. E como disse uma colega minha "Só faz falta quem lá esteve!" e nem mais! 

Foi uma boa noite de sexta-feira! 

Feedback!

Pois bem, como me pediram, hoje vou então dizer-vos o que achei do filme de ontem! Está um excelente filme, ri-me bastante,! Adorei a parte em que dá todas as mulheres grávidas a ter os filhos, ou de quando vai tudo fazer a 1ª ecografia.  
 

Esta é das cenas mais hilariantes, na minha opinião. Quando entram em cena os quatro homens cada um com os seus filhos, é fenomenal! 
No filme, há uma parte que me tocou bastante, mas não posso contar porque têm que ver o filme e percebem que é assim a parte mais triste do filme, no entanto, não deixa de ter a piada que tem.
Aconselho a verem!

Do you understand? *


Carta para uma pessoa falecida com quem gostavas de falar





Porto à vista, 8 de Setembro de 2012

"Adoro-te.
Seria natural começar-se uma carta para ti com um “Olá, estás boa?”. Porém, esta não será assim. Foste e és uma pessoa demasiado especial para enviar-te uma folha de papel com palavras vulgares, como um olá. Adoro-te adequa-se completamente ao que nos une.
Não sei se o carteiro entregará este pedaço palpável de papel na tua caixa de correio. Não sei se ela existe. Mas há uma que tenho certeza que existe. A caixa de correio do teu coração, onde param todos os pedidos que te fiz, todas as lembranças boas que vivemos e todo o carinho que demos uma à outra. São esses momentos e esse carinho que fazem com que me venham aos olhos lágrimas de saudade, de paz e de amor.
Tenho saudades. Como poderia não ter?! Uma mulher lutadora que desde cedo ficou sem pais, que criou duas crianças sem a ajuda de um companheiro que cedo morreu, que deu todo o amor e carinho às suas netas, que me deu todo o carinho que podia e não podia, nos seus piores e melhores momentos. Estive sempre a teu lado, excepto no dia da tua morte. Estavas doente. Eu sentia que a tua vida estava por um fio. Queria-te ver, abraçar e beijar. Proibiram-me. Acordei no outro dia com o som do choro que assombrava aquela casa que era tua. Chorei, ainda choro. Doí tanto! Como eu sinto a tua falta… Como desejava ver mais uma vez o teu sorriso, sentir o teu abraço e agarra a tua mão que tanta segurança me dava.  
Compreendo agora, passados seis anos, que não era altura de despedidas. Nunca nos despediremos uma da outra porque nunca me deixarás só. Estarás sempre nas minhas lembranças que contigo são vivas, emotivas e divertidas.
Espero que não te tenhas esquecido desta rapariga que, com apenas, doze anos sofreu uma das maiores perdas que alguma vez sofrerá. Perdi a mulher que sempre amarei, juntamente com uma outra.
Lembro-me da forma como pronunciavas o meu nome, resmungavas comigo,  me abraçavas e ocultavas todas as minhas asneiras para não sofrer castigos.
Deixo-te com as melhores partes de mim, com um sorriso saudoso, encantado e um olhar brilhante pelas lágrimas de felicidade e de saudade que me escorreram pelo rosto enquanto cada palavra saía do meu coração.
Jamais esqueças que Deus quis separar o que é inseparável.        
Termino (quase) como comecei,
Adoro-te Avó.
A tua e sempre tua, 
M."

Esta carta foi escrita há uns meses para um concurso mas continua a fazer todo o sentido.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Como se fosse possível não o fazer !



Tantas músicas que associamos a pessoas. 


Esta é uma delas. Ninguém imagina o significado que ela tem para mim. Cada palavra faz tanto sentido como a necessidade de o nosso coração bater para sobrevivermos. Há pessoas que realmente deixam marcas impossíveis de remover.

Sessão de cinema!


Hoje será este o filme contemplado! What to expect when you're expecting! Tenho a sensação de que será um bom filme :D


(...)



Estes 3 dias deviam passar a voar. 3 dias com apenas 24h já seria muito. 
Estou tão ansiosa para saber os resultados da 1ª fase de acesso ao Ensino Superior. Estou eléctrica! 

Já agora esclareçam-me sff
  • Para que servem as unidades curriculares optativas? 
Obrigada *

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Desafio*


Fomos desafiadas pela Spirit :)



Este desafio é oferecido a blogues com menos de 200 seguidores e as regras são as seguintes:
  • Postar 11 coisas sobre ti;
  • Responder às perguntas que a pessoa que te ofereceu o desafio te colocou;
  • Escolher 11 pessoas a quem passar o desafio (e deixar o respectivo link para os seus blogues);
  • Criar 11 perguntas para essas pessoas;
  • Ir à página deles e informá-las que têm um desafio; 

11 coisas sobre a P:

  1. O meu estilo de música preferido é Rock.
  2. Tenho uma almofada cilíndrica que toda a gente adora, mas ainda não tem nome. 
  3. Prefiro estar ao telemóvel do que mandar mensagens.
  4. Não gosto que me tratem por diminutivos.
  5. Odeio quando há intervalos de 15 minutos quando estou a ver um filme de jeito.
  6. Gosto de passar uma bela tarde na esplanada a conversar.
  7. Quero muito remodelar o meu quarto, dar-lhe um pouco de cor.
  8. Sou muito sensível, essa é a minha maior fraqueza.
  9. Canto muito em casa e, quando acordo feliz, ando aos saltinhos pela casa.
  10. Quando corto relações, corto mesmo e não há volta a dar.
  11. Ando a tentar ser mais dura, mais forte, mais positiva!

11 coisas sobre a M:

  1. Estou a deixar crescer as unhas à três semanas ! (yeeee, que conquista)
  2. Já tirei os 4 dentes do ciso.
  3. Todos os dias leio os jornais, de preferência desportivos.
  4. Adoro café.
  5. Tenho milhares de alcunhas por causa de ter um novo muito comum.
  6. Tenho medo, pânico, fobia,... de aranhas mas o meu herói preferido é o Homem-Aranha.
  7. Nunca tive posters no roupeiro enquanto adolescente.
  8. Sou alérgica ao melão.
  9. Quero redecorar a sala de estar/jantar cá de casa.
  10. Gosto muito de bricolage e de fazer arrumações.
  11. Sou muito terra a terra. O que é, é. O que não é, não é. Ou seja, preto no branco e branco no preto. Fujo aos cinzentos.



As perguntas da Spirit :
  1. Qual a coisa que mais odeias ? P: Que me irritem! M: Sentir-me perdida.
  2. Qual o teu maior sonho ?  P: Fazer uma grande viagem, por este mundo fora! M:  Construir um futuro feliz.
  3. Noite ou dia ?  P: Há alturas que prefiro os dias e outras em que prefiro a noite. M: amanhecer e anoitecer.
  4. Qual a tua série de televisão favorita ?  P: The Vampire Diaries.  M: Anatomia de Grey
  5. Norte ou Sul ? P: Norte! M: Norte.
  6. Qual o país que gostavas de visitar?   P: USA. M: É uma lista grande. Não consigo decidir.
  7. Qual foi a viagem que mais gostaste de fazer ?   P: A Viagem que fiz a França, há 3 anos.  M: Todas as viagens têm o seu significado.
  8. Gostas de moda ?  P: Sim. M: Sim e Não.
  9. O que achas do meu blog ? M:  Acho que é um blog interessante.
  10. Sugere um blog que gostes.  P: Câmara EscuraM: Pages of Freedom
  11. Tocas algum instrumento ? Qual ?  P: Sim, guitarra.  M: Ainda sei tocar flauta.
Vamos lá mudar isto um pouquito (será que pudemos?) 
Então é assim: 

  • Em vez de sermos nós a colocar 11 questões, desafiámo-vos a fazerem uma mini-entrevista a vocês próprios, ou seja, colocam 11 questões e respondem.
Este desafio é para todos os que passam por cá ! 




Hoje é o ...


Dia Internacional do Sexo

Não sabia que existia :o 

Toddlers and Tiaras


Ashleesperiment.jpg.opt423x548o0,0s423x548_large
Eden Wood

Num dos canais da Tv cabo, o TLC, tem programas mesmo interessantes, pelo menos alguns eu gosto. Mas há sempre aqueles em que eu fico completamente de boca aberta, e este, Tolddlers and Tiaras, é um deles. Baseia-se apenas em concursos de beleza para crianças, desde bebés até aos 13, 14 anos por aí. 
Fico completamente boquiaberta com aquelas bonequinhas de porcelana. É que parecem mesmo que foram feitas pelo photoshop. O pior destes concursos é aquilo a que as mães e os pais também incutem na cabeça das crianças. O sentido de ganhar, ganhar e não olhar a meios. O esforço a que submetem aquelas crianças para que fiquem perfeitas. Aquilo é dentes postiços, maquilhagem em peso, unhas falsas, vestidos caríssimos... Há mães que chegam a gastar as suas poupanças só para comprar vestidos e afins. É o mundo do exagero e de um dia essas crianças alcançarem a fama. Gosto de ver, mas quando ouço uma criança dizer "I'm the boss! I gonna won! I'm the best!" etc, etc eu penso "Como é que aquelas crianças vão ser futuramente? Que mentalidade terão?"
É por isso que esta coisa do mundo da moda e da fama, tem sempre muita coisa boa, mas muita coisa má se não se tiver cabeça.


542335_365712700144707_156754311040548_954175_1972835415_n_large

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Grandes Bandas, Grandes Músicas!


Só poderia ser mesmo Pearl Jam! E logo num concerto em Itália!

Nostalgia


Hoje, ao início da tarde quando ia apanhar o comboio olhei para o outro lado da linha, ao que reparei "Destino (...) Ligação à Régua". Parei por uns instantes e só me veio a imagem da primeira viagem que fiz para lá, há quase um mês atrás. Vou ter tantas saudades ...

Travel heart*



Não sei que se raio passa. Não sei porque não me sais da cabeça. Não sei porque sinto falta de falar contigo. Não sei porque sinto necessidade de te ver, de te ver em pessoa. Não sei o que se passa e acho que nem quero saber. Não sei se estou a começar a criar algum sentimento. Não sei se isto é tudo apenas da minha cabeça. Só sei que neste momento a minha expressão facial é sempre a da imagem quando penso no que se anda aqui a pensar, neste reboliço de emoções.