sábado, 30 de março de 2013

"As coisas mudam e nós temos que mudar com elas."


Em quase dois anos a vida dá muitas voltas e nem sempre retoma ao ponto de partida. Hoje estou do outro lado, do avesso, e descobri que talvez o avesso seja o lado certo, o lado em que sou muito feliz. Muitas foram as caras que entraram, muitas foram as que saíram. Muitas coisas aprendi, várias risadas dei, ótimos momentos tive. Selecionar o que de melhor levo não é fácil mas, a escolher uma, certamente são as amizades que criei e fortaleci com o tempo, com a convivência. Hoje sou uma jovem mulher com uma mente diferente, com uma tolerância superior (o que não é deveras mau) e uma personalidade mais vincada. Sempre fui clara e (indiretamente) direta. Houve quem gostasse, quem odiasse e quem suportasse. Este mundo tem destas coisas, pessoas com vidas fantásticas, com um jeito tremendo para comunicar, fazer-se ouvir (ler) e escutar os outros. Se pudesse presenteava muitos cantinhos pelo facto de serem tão únicos, fantásticos, irreverentes, interessantes e por aí adiante. Cada um, à sua maneira, vai ficar na minha lembrança e fará parte da minha vida blogosférica para sempre. 
Não poderia deixar de me dirigir à P., a minha mais bela parceira. A ela, deixo-lhe o meu sincero e profundo obrigada por ter iniciado esta aventura que nunca imaginei tão especial. Não preciso de lhe dizer mais nada, ela sabe tudo o que deve saber e, por entre as linhas, compreende(-me). Não pensem que estou simplesmente a abandonar o barco... Não, não estou. Eu gosto de estar nas coisas a 100%, a 200% se preciso. Não gosto de sentir que algo é uma obrigação e o nosso blog não poderia ser uma obrigação. Quero levar dele as melhores coisas e arrastar-me aqui por muito mais tempo iria fazer com que a minha visão disto mudasse. Foi dos melhores e maiores projetos em que me envolvi pela complexidade e por todo o secretismo que sempre, por vontade própria, mantive. Pela pessoa magnifica que sempre esteve aqui comigo .
Poderia continuar aqui a escrever mas, acreditem ou não, as lágrimas já me caiem pelo rosto e a saudade bate à porta. Ninguém conhece o futuro, quem sabe um dia possa regressar... Para já vou viver a minha vida e continuar a ser feliz com aqueles que de mim fazem parte.
Um gigantesco obrigada por esta temporada magnífica e um enormíssimo pedido de desculpa se vos desapontei em alguma situação, alguma vez. Por favor, acompanhem a (minha) P. e façam dela uma blogger realizada e  feliz porque ela é das melhores pessoas que algum dia conheci. 


Beijinhos e Abraços 
M.  



7 comentários:

Jessy disse...

Fico triste por deixares este cantinho...mas compreendo-te
Beijinhos e uma excelente Páscoa :)

Bad disse...

Ohh... talvez se começasses um projecto/blog só teu?
Beijinho

Filipe disse...

Boa sorte nesta etapa, apesar de te afastares daqui, felizmente consegui conhecer-te e espero que ao vivo fique para breve. Talvez possas voltar, mas força para essa decisão, não é fácil deixar este "mundo".
Beijinho ;)

Tinkie disse...

Vamos ter saudades tuas M.! Beijinhos

Relojoeiro disse...

Que texto bonito. :) A vida é feita de altos e baixos e o importante não é nunca cairmos mas sim subir-mos sempre novamente para o topo. Muitas conquistas esperam-te pela vida fora, boa sorte. E já agora, um bom fim de semana cheio de chocolate!

C. disse...

Oh M. tenho pena! Este blog sempre foi especial para mim, mas se a P. continua vai continuar a ser. Desejo-te muita boa sorte futuramente e que tudo te corra da melhor maneira. Se um dia quiseres voltar vamos estar cá todos para te receber. Beijinhos :)

Orquídea Branca disse...

ohh :( tenho muita muita pena! Mas o que interessa é que sejas feliz! com ou sem presença no blogue :)
Um beijinho apertadinho e com saudades :)