sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Uma questão de amigos


Desde nova que soube definir aqueles com quem queria conviver e aqueles que não me interessavam. Faço-o sempre. Sou seletiva nas relações que estabeleço e isto não signifique que me dê sempre com quem é "boa" pessoa. Ser-se boa pessoa para a sociedade, não é o mesmo que ser-se boa pessoa com os outros. Tem amigos que se drogam, quem se embebedam, que "comem" todas e mais alguma. tenho amigos de todos os tipos, cores e feitios porque ser amigo do outro é muito mais do que se define. Já aqui disse e repito, há amigos e amigos e o meu grupo de verdadeiros amigos está a mudar. Não sei se feliz ou infelizmente mas sempre me disseram  que era na faculdade que encontraria os meus amigos para a vida. Que os estou a encontrar é (talvez) verdade e que apelidava alguns do secundário de amigos que agora não o são também é. A vida é feita de mudanças... 

1 comentário:

Agostinho Barros disse...

Adorei o texto , continua *